SôNERD & CIA

domingo, 24 de julho de 2016

O Fenômeno do momento: Stranger Things - Como não assistir essa explosão de nostalgia!!!

Stranger Things (2016)

Autoria de Dpaivaneto, O SôNERD & CIA

"Uma declaração de amor aos clássicos sobrenaturais dos anos 80".
(Netflix)




Eu confesso que durante os meses que acontecia a propaganda da série pela Netflix eu apenas vi a sinopse e o cartaz umas duas vezes e não em chamou muito a atenção a não ser pela premissa de envolver suspense e ficção além da tão badalada temática nostálgica. 



Quando a série foi lançada como de costume com todos os oito episódios de uma vez resolvi conferir ao mesmo tempo que vi o estardalhaço de comentários nas redes sociais e vídeos no You-tube sobre essa primorosidade visual. 

Não deu outra. Maratona incansável que não pude assistir em um único dia, pois trabalho o dia todo então me enveredava todas as noites depois da janta e entre as postagens aqui do blog. 

Consegui comprovar o que todos falavam, mas sem pegar os spoilers em volta. Depois que terminei e que fui ver todo o material na área para melhorar meu texto e comentar com os outros que já indiquei a série em meu dia-dia.

Eu sou um jovem de 41 anos de idade e com certeza tudo aquilo que fora mostrado na série de só 8 episódios [Que pena que acabou] me fez referências sim do começo ao fim. Parei o vídeo várias vezes, voltei em cenas chaves muitas outras vezes para n´não perder nem uma gotinha de nostalgia ou referência. Foi uma maravilha de assistir. 

Para quem ainda  não assistiu vai em algum site e baixa todos os episódio logo e assista se não tiver, é claro, a Netflix. Aqui eu indico o Universe Séries para baixar todos eles em qualquer formato com áudio legendado ou dublado. 

Link para baixar os episódios - Universe Séries - CLIQUE AQUI
Dica - Baixar pelos Ifichier ou pelo UptoBox são mais rápidos e 1 minuto depois já podem baixar outro arquivo. O Mega também é legal e rápido e pode-se baixar mais de uma vez. é só felicidade depois de baixar.
Se não que saber de nada ainda sobre a série é melhor assistir tudo e depois vir aqui discutir e ler as dúvidas e comparações. A partir daqui tem muitos spoilers sobre a trama. 



[SPOILERS A PARTIR DAQUI]

A série virou uma febre no mundo todo inclusive no Brasil. As pessoas segundo notícias assistiam freneticamente em maratonas sem parar e vinham para as redes sociais falar sobre a mais nova queridinha da Netflix. 
O ruim é ter que esperar até o ano que vem para mais episódios, pois o canal já garantiu uma segunda temporada antes mesmo do início da exibição da primeira. Fez realmente jus se o vidente deles previu o sucesso estrondoso de Stranger Things. Muitas séries são lembradas pela vida toda por serem boas demais. Outras são boas, mas são esquecíveis. Stranger Things vai nos cutucar a mente por milhares de anos. 

Eu não esquecerei minhas séries favoritas que se foram como Lost (minha primeira), Heroes, Dr. House, Dexter, V, Falling Skies, Fringe (que até chorei quando se foi) e mais recentemente Person Of Interest que me deixou mais uma vez órfão. Prison Break se foi, mas está voltando. Imagine o lugar em meu coração que Stranger Things vai se esconder para sempre.

Nostalgia

A série é boa para que tem mais de trinta anos, mas não deixa nada a desejar para que é mais jovem. Hoje em dia quando não entendemos alguma coisa em um ou outro episódio de séries ou de filmes corremos para os sites parceiros para ver as discussões e debates sobre tudo que rolou nos episódios. Isso ajuda muito no entendimento e nos faz ficar mais por dentro de tudo. 

Essa série vai nos fazer comentar e comentar por anos. A nostalgia aflorou em todos os locais de cenas, na fotografia maravilhosa de todas as cenas externas. O ar nostálgico dos anos 80 que muitos de nós passamos e nos sentimos inseridos foi o que mais me agradou. Os figurinos impecáveis de época. 

As citações e os diálogos foram marcas inesquecíveis do seriado em 8 curtos episódios [triste novamente]. Os garotos citando O Hobbit e O Senhor dos Anéis naquela época foi muito da hora, apesar de na hora eu achar deslocado do tempo ou um erro de roteiro, mas tava na cara que não falavam dos filmes atuais, mas sim das obras de J. R. R. Tolkien de 1937 (O  Hobbit) e de 1954 (Os dois primeiros livros de O Senhor dos Anéis). 

A abertura do seriado me remeteu a muitas lembranças como na década de 80 não existia mp3 ou mp4 tudo era tocado em tecnomid assim como acontece na própria apresentação de abertura do seriado assim como a trilha sonora empolgante de cada episódio feita em sintetizador, muito usado naquela década. 

Na abertura também temos duas referências gritantes. O logo da série está escrito em fonte muito usada pelo escritor Stephen King em suas obras. A logo também tem designer parecido com o do jogo D & D - Dungeons & Dragons que por sinal os garotos da séries jogam o tempo todo e por horas e que também é citado o tempo todo no mundinho particular deles. O tom da abertura em vermelho lembra sangue e o filme Drácula (Bran Stoker) que por sinal a atriz Winona Ryder já estrelou. Referência pura. 

O primeiro episódio já mostra os quatro garotos do núcleo infantil, o melhor na minha opinião, jogando D & D e terminando a partida que durava já a umas 10 horas. Eles estavam no porão e base deles na casa do menino  Mike Wheeler (Finn Wolfhard). São eles os esteriótipos nerds de cada criança típica - O negro Lucas (Caleb McLaughlin), sempre desconfiado e duvidando de tudo, o meio gordinho banguelo (por ter problemas dentários genéticos que retardam o surgimento dos dentes) Dust (Gaten Matarazzo), o mais esperto deles, e Will Byers (Noah Schnapp), o por quê da trama que ao voltar de bike para casa desaparece por ser capturado por uma espécie de criatura sem rosto alien. a trama segue a partir desse fato.

A história se passa em uma cidadezinha do interior de Indiana nos Estados Unidos chamada Hawkins num dia fatídico de 6 de novembro de 1983. Uma cidade como outra representada em filmes da época com pessoas caricatas da época. Uma escola com alunos esteriótipos da época com um maravilhoso e cafona figurino anos 80 pauleira. 


O núcleo adolescente da escola destaca o valentão Steven e seus amigos vagabundos junto com a jovem nerd Nancy Wheeler, irmã mais velha do garotinho Mike, e sua melhor amiga grandona Barb (o figurino e visual mais estranho que já vi na minha vida). Steven adora tirar sarro dos menos descolados da escola como em todo filme do tipo e namora a Nancy. 


A cidade também tem um Xerife e sua equipe e logo de cara penso o quanto ele deve ser comum como todo xerife de filme em cidadezinha. Achei que pelo que vi dele no primeiro episódio ele morreria logo, mas me enganei piamente. O cara é o Stalonne do lugar. O verdadeiro herói da nossa história. O Xerife Hoper é inteligente e logo descobre tudo que está acontecendo em volta do mistério do desaparecimento de Will. 
A família de Will é meio deslocada do tempo e também remete a referência americana da mãe separada que cuida dos filhos e trabalha em um supermercado. Joyce Byrs é uma exagerada, mas brilhante interpretação da atriz Winona Ryder. Uma mãe que faz de tudo para encontrar o filho sumido. Parecendo louca quando fala com ele por luzes, lâmpadas e pisca-piscas de natal. Mesmo depois que o corpo de Will aparece ela não acredita que seria ele por que o filho continua a se comunicar com ela. Referência direta ao filme Contato Imediato do 2º grau e Poltergeist quando a irmã de Mike mais nova, Holly,  vai com sua mãe visitar Joyce e a menina loirinha (lembra agora a referência) quase é levada pela criatura na parede.



O irmão mais velho de Will é um estranho em uma história cheia de coisas entranhas. Jonathan Byers (Charlie Heaton) ama o irmão e vai fazer de tudo para encontrá-lo. Adora tirar foto de tudo e de todos para suprir a sua timidez em se relacionar com os outros em volta. Ele é o cara que serve de deboche para os metidos do grupo da Nancy e Steven até mostrar quem realmente é. 

O ponto alto do seriado vem com a garotinha que pouco fala e por causa de uma tatuagem com o número 011 no braço os garotos a chamam de Onze (Eleven em inglês) ou simplesmente on (el), uma brilhante e carismática interpretação da atriz mirim Millie Brown. Ela fugiu do Departamento do governo com fachada de companhia de energia. 
Ela encabeçava como cobaia de um experimento chefiado pelo sinistro Dr. Martin Brenner (Matthew Modine) que a chama de filha e ela o chama de pai. As cenas de como era o experimento vão surgindo no meio da trama como em flashbacks e nos contando a história do laboratório,da Onze, do Dr. Brenner e sua equipe e do próprio monstro que raptou Will e que vive em uma espécie de dimensão alternativa ou zona negativa que segundo os estudos dos garotos é uma versão sombria da nossa realidade com os mesmos elementos de nossa terra. Sinistro. 


Onze ao fugir do local dos experimento ao mesmo tempo que libertou o monstro de sua dimensão foi até uma lanchonete local do Sr. Benny que cuidou dela, mas foi morto pelo pessoal do Dr. Brenner que manda uma agente se passando por assistente social para levar Onze de volta, porém ela mata alguns agentes e foge mais uma vez até encontrar Mike e os amigos Lucas e Dust na mata quando procuravam pelo Will assim como o Xerife e um monte de voluntários da cidade. 

A partir daí Onze se hospeda em segredo no porão e base de Mike e a partir daí começa uma amizade que vira amor. Os poderes dela de telecinesia vão assustando e depois alegrando os meninos. Todas as cenas dela usando poderes foram magistrais. Vale a pena conferir. Eles brigam entre si, fazem as pazes, discordam uns dos outros, mas fazem coisas de criança assim como são os primeiros a desvendar os mistérios da série. As referências em relação aos garotos são claras lembranças de filmes como Goonies, Conta comigo e Super 8. Não tem como não gostar dos garotos e da Onze. O banguelo Dust é sempre o mais hilário. Quando Onze se veste com vestido e coloca peruca lembramos logo do filme Et, o extra-terrestre. 

Caramba como eu gostaria de ter esse povo como meus amigos para jogarmos RPG todos os dias. O demongorgon de D & D, é como eles chamam o monstro que levou Will e depois descobrimos que foi a própria Onze no experimento obrigada pelo Dr. Brenner que trouxe acidentalmente ele pra nossa realidade e abrindo o portal entre as duas dimensões. Descobrimos que Onze é filha de uma mulher que foi experimento no passado da companhia, mas estava grávida dela e perdeu o bebê no 3º mês de gravidez (mentirinha) e ficou louca logo depois disso tudo. 

O clima de suspense é muito bom apesar de muita coisa ser previsível. Temos por todo local pôsteres que remetem filmes como Evil Dead, Tubarão de Spielberg e A Coisa, outra obra baseada nos contos de Stephen King. Fiquei de olho em tudo isso. 

A trama começa a se desenrola quando a amiga de Nancy, Barb, também some pelas mãos do monstro e Nancy começa a procurar e vê o monstro e junto com o irmão de Will, Jonathan, resolvem caçar o demongogon. Por outro lado o Xerife descobre aos poucos a verdade sobre a falsa morte de Will e invade a companhia vendo muita coisa intrigante inclusive o portal para a dimensão do monstro, mas é desacordado pelo pessoal da companhia e aparece em casa. A partir daí ele se junta a mãe de Will, joyce, e começam a investigar até culminar no evento final. Mais referências no final ao consagrado Alien, a ressureição que a própria Winona Ryder também participou.

Não vou contar o final, pois a essa altura vocês já devem ter assistido ou são muito curiosos. Só digo que a série veio para fazer história e reverenciar os anos oitenta de forma primorosa. Estou muito feliz com o que vi. Quase todas as perguntas foram respondidas até a final deixando apenas pontas soltas para a próxima temporada. 

Curiosidades e Sinopses dos Episódios

Stranger Things é uma série de drama estadunidense, criada por Matt Duffer e Ross Duffer, que estreou em 2016 na rede de streaming Netflix.
A série remete à década de 1980, na qual um jovem rapaz desaparece misteriosamente na cidade de Hawkings, Indiana. A primeira temporada possui oito episódios com cerca de uma hora cada e estreou em 15 de julho de 2016, sob roteiro e direção de Matt Duffer e Ross Duffer e produção de Shawn Levy. Anteriormente, estava prevista para se chamar Montauk.
Enredo 
No programa, uma noite tranquila jogando RPG torna-se trágica para um grupo de amigos em Hawkins, Indiana, quando Will Byers desaparece... do nada. O ano é 1983 e essa pequena cidade está cheia de teorias conspiratórias por trás das circunstancias do desaparecimento do garoto.

Enquanto amigos, família e a policia local procuram por respostas ao desaparecimento, todos são levados a um extraordinário mistério envolvendo experiências secretas do governo, forças sobrenaturais terríveis e a descoberta de uma estranha garotinha - sua aparência e poderes parecem sobre-humanos e os garotos percebem que ela pode ter uma conexão sinistra com seu amigo desaparecido.


O elenco conta com Winona Ryder, Matthew Modine, David Harbour, Charlie Heaton, Natalia Dyer e Millie Brown. Na produção executiva de Stranger Things estão os irmãos Duffer (Wayward Pines), Shawn Levy (Uma Noite no Museu) e Dan Cohen (Story of Your Life).
Confira os oito primeiros minutos da série e as sinopses dos episódios essa primeira temporada (cuidado com possíveis spoilers!).

SINOPSE DOS EPISÓDIOS (RESUMO)

  • Capítulo um: O desaparecimento de Will Byers
No caminho de volta para casa, Will é aterrorizado por alguma coisa. Não longe dali, um laboratório secreto guarda um segredo sinistro.
  • Capítulo dois: A estranha da Maple Street
Lucas, Mike e Dustin tentam conversar com a menina que encontram. Hopper tem perguntas para uma Joyce extremamente ansiosa.
  • Capítulo três: Caramba
Cada vez mais preocupada, Nancy procura Barb e acaba descobrindo o que Jonathan anda fazendo. Joyce está convencida de que Will está tentando se comunicar com ela.
  • Capítulo quatro: O corpo
Joyce se recusa a acreditar de Will morreu, e tenta se comunicar com ele. Os meninos transformam o visual de Onze. Nancy e Jonathan acabam se unindo.
  • Capítulo cinco: A pulga e o acrobata
Hopper consegue entrar no laboratório enquanto Nancy e Jonathan confrontam as forças que levaram Will. Os meninos perguntam ao Sr. Clarke como se vai para outra dimensão.



  • Capítulo seis: O monstro
Desesperado, Jonathan procura por Nancy na escuridão, mas Steve faz a mesma coisa. Hopper e Joyce descobrem a verdade sobre os experimentos conduzidos no laboratório.
  • Capítulo sete: A banheira
Onze tenta chegar a Will, mas Lucas dá o alerta de perigo. Nancy e Jonathan mostram à polícia as imagens capturadas pela câmera.
  • Capítulo oito: De ponta-cabeça
O Dr. Brenner interroga Hopper e Joyce enquanto os meninos e Onze esperam no ginásio. Nancy e Jonathan se preparam para uma nova batalha.
Trailer de Stranger Things

Elenco da Série em sua 1ª Temporada

  • Winona Ryder como Joyce Byers, a mãe do desaparecido Will Byers.
  • David Harbour como Chefe Hopper, o chefe de polícia da cidade de Hawkings.
  • Matthew Modine como o Dr. Martin Brenner
  • Cara Buono como Karen Wheeler, a mãe de Mike, Nancy e Holly.
  • Finn Wolfhard como Mike Wheeler, o filho de Karen, irmão de Nancy e um dos melhores amigos de Will.
  • Millie Brown como Eleven/Onze, uma mistériosa criança com vocabulário limitado e poderes telecinéticos. Foi encontrada por Dustin, Lucas e Mike que passaram a ser amigos dela.
  • Gaten Matarazzo como Dustin, um dos amigos de Mike, Will e Lucas.
  • Caleb McLaughlin como Lucas, um dos amigos de Mile, Will e Dustin.
  • Noah Schnapp como Will Byers, o menino desaparecido no primeiro episódio, filho de Joyce Byers e irmão mais novo de Jonathan Byers.
  • Natalia Dyer como Nancy Wheeler, a irmã mais velha de Mike e amiga da também desaparecida Barb.
  • Charlie Heaton como Jonathan Byers, o irmão mais velho de Will.
  • Joe Keery como Steve Harrington, o namorado de Nancy.
  • Peyton Wich como Troy Harrington, um bully que importuna Will, Mike, Lucas e Dustin.
  •  como Bárbara "Barb" Holland - Melhor amiga de Nancy.


Crítica 

Stranger Things recebeu críticas favoráveis tanto do público quanto da crítica em geral. O site Rotten Tomatoes deu a série uma aprovação de 91% baseada em 35 críticas, com uma média de nota de 7,9/10. A crítica do site cita que a série é animadora, desoladora e algumas vezes assustadora. Já no Metacritic a série recebeu a nota de 75/100. A série também recebeu a nota 9,3 de 10 do IMDb.

GALERIA DE IMAGENS

































































E vocês o que acharam da série? Vocês viram alguma referência que eu não comentei? Comentem todos os pontos altos e baixos para discutirmos depois!!!


 Fontes: Minha Série - Wikipédia - IMDB - Vários Vídeos de Canais no You-Tube



Stranger Things (2016)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...